Voltar

Qual a diferença entre Whey Protein e Albumina? E qual é melhor?

A saúde está na moda, ainda bem. Estima-se que o mercado voltado para treinos e bem-estar cresça em média 25% ao ano. Isso envolve tanto os fabricantes de produtos e materiais de exercícios, quanto a oferta por academias e lojas especializadas em vestuário.

Dentro de um cenário tão desenvolvido, é comum encontrar diversas maneiras de obter os mesmos resultados. Por exemplo, quem deseja ganhar massa muscular invariavelmente vai se deparar com dois produtos: o Whey Protein e a Albumina. 

Mas qual será a diferença entre eles?

Ou melhor, Whey Protein e Albumina, qual é o melhor? 

Hoje nós vamos mostrar as diferenças entre esses dois suplementos incríveis e apontar para você quais são os resultados esperados de cada um. Assim, você poderá decidir por conta própria se deseja fazer a sua suplementação com Whey, Albumina, ou até os dois.

Então fique confortável e aproveite a leitura.

Veja também: será que correr na chuva faz mal? Tire essas e outras dúvidas.

Whey Protein e Albumina: como funcionam os suplementos?

Suplementos são, basicamente, fontes de proteínas, enzimas e carboidratos. Desenvolvidos para consumo em três estágios: antes, durante ou após o treino. Servem como uma bateria para o corpo, que necessita de cargas diferentes de energia em diversos estágios do metabolismo.

Há inúmeros suplementos no mercado, até mesmo fontes naturais diretas da alimentação – como ovos cozidos, ou batata doce cozida. Entretanto, toda suplementação vai se diferenciar, basicamente, em alguns elementos, que são:

  • Capacidade de absorção das proteínas – relevante para decidir o momento da suplementação
  • Valor biológico 
  • Variedade do produto – em barra, shake, etc
  • Presença de gordura
  • Funcionamento do metabolismo

Então, ao avaliar se o Whey Protein ou a Albumina será melhor para o seu caso, convém analisar com calma os 5 itens acima. 

Como funciona a Albumina?

A Albumina é a proteína derivada de ovos. Muito boa para melhorar o funcionamento metabólico, capaz de tornar os músculos mais saudáveis – quando eles são comparados com os músculos de pessoas sem suplementação. 

Feita a partir da desidratação da clara do ovo, é nutritiva e tem um bom teor biológico. Também oferece baixíssima gordura (perto de 0% de açúcar). 

Ela atua basicamente de maneira similar a ingestão de ovos. Sua concentração protéica, inclusive, traz as mesmas desvantagens de uma alimentação do mesmo tipo. Falaremos mais dos pontos positivos e negativos ainda neste artigo. 

Como atua o Whey Protein?

Já o Whey Protein é a proteína derivada do soro de leite. Excelente fonte para hipertrofia, é um dos suplementos mais consumidos do mundo e campeão das academias. Perfeito para treinos funcionais, entre muitos outros. 

Por ser fabricado direto da proteína do soro de leite, tem um alto valor biológico. Sua absorção também é rápida e a concentração de energia oferecida supera diversos outros suplementos. 

Também contém, geralmente, 20 aminoácidos essenciais para a construção dos músculos. Deixando-os fortes e saudáveis. 

O Whey Protein é produzido em três tipos:

  • Concentrado: o mais acessível de todos, com ótima oferta de carboidratos
  • Isolado: Baixo teor de lactose, e grande capacidade de absorção
  • Hidrolisado: Pode ser consumido até mesmo por quem tem intolerância à lactose, é o produto com melhor absorção de proteínas entre todos os suplementos Whey. 

Vantagens da Albumina

A Albumina apresenta vantagens interessantes, são elas:

  • Baixa perda de massa muscular
  • Não contém carboidrato na composição
  • Não engorda
  • Costuma ser mais barata
  • Bom valor biológico
  • Atua no funcionamento da flora intestinal

Desvantagens da Albumina

Por ser derivada do ovo, a Albumina apresenta desvantagens que estão relacionadas com essa alimentação, são elas:

  • Proteína de lenta absorção – não indicada para pós-treino
  • Ocasiona aumento da flatulência, com tendência para odores fortes
  • Pode ocasionar dores, em decorrência do aumento dos gases
  • Exige um treino também focado em caminhadas, para a liberação dos gases

Vantagens do Whey Protein

Já o Whey Protein ganhou a fama de ser o suplemento mais famoso do mercado por uma razão: ele funciona muito bem em diversos momentos. Sendo assim, suas vantagens também incluem:

  • Rápida absorção – podendo ser consumido tanto pré, quanto pós treino
  • Variedade de opções – Whey Protein existe em virtualmente todos os produtos possíveis, desde barras, até sheiks e mesmo chocolates;
  • Altíssimo valor biológico
  • Evita perda de massa magra
  • Previne o Overtraining
  • Variedade de opções de Whey, com tipos mais concentrados do que os outros

Desvantagens do Whey Protein

De todas as vantagens, o Whey Protein apresenta apenas uma desvantagem, quando comparado com os outros: é ligeiramente mais caro. Alguns tipos podem até custar 3x mais do que um suplemento de qualidade inferior. 

Entretanto, apesar de tudo isso, podemos dizer sem dúvida que o Whey Protein é mais versátil, demonstrando os melhores resultados. 

Whey Protein ou Albumina?

A verdade é que você é quem vai decidir qual dos dois suplementos é melhor para o seu caso. Afinal de contas, só você compreende em que estágio está na sua jornada rumo ao corpo desejado. 

Se você quer ler mais dicas sobre alimentação saudável e suplementação de alta performance, continue acompanhando o nosso blog. Estamos sempre trazendo notícias sobre o universo dos treinos.

Agradecemos a leitura e até a próxima!