Voltar

Whey Nacional: perca seus medos e conheça as vantagens

Não é de hoje que o Whey Protein Nacional surge com um certo ponto de interrogação na mente dos consumidores. Há inúmeras dúvidas em relação aos produtos e algumas falsas acusações.

Nós elaboramos este artigo para tirar todas essas questões da frente e mostrar para você que há sim muitos produtos nacionais de ótima qualidade, por preços excelentes.

Tem mais, vamos conversar honestamente sobre como garantir que a sua suplementação seja feita com produtos saudáveis produzidos por empresas idôneas. Uma conversa franca de quem treina, para quem treina.

Então, vem ver de perto o que nós temos a falar sobre o Whey Nacional. 

Whey Protein Nacional: de onde surgiu a lenda? 

Para começar vamos desmistificar algumas dúvidas que surgem na mente de quem inicia uma suplementação: quem foi que falou que Whey Nacional é inferior? 

Acontece que no começo dos anos 2000, quando a suplementação ainda era largamente confundida com o uso de anabolizantes, muitas pessoas misturavam completamente os produtos.

Ou seja, aquilo que era na verdade um anabolizante passava como se fosse Whey Protein na cabeça de quem ainda não conhecia o dia a dia de uma academia. – nós temos um artigo bem detalhado falando sobre a diferença entre Whey Protein, suplementações e a famosa bomba. Dá uma olhadinha no nosso blog. 

Então, em resumo, tudo nasceu de um mal entendido. Pessoas que não tinham informações sobre o que era a proteína de rápida absorção (Whey) viam outras pessoas tomando o produto e acreditavam que se tratava de uma bomba. Depois, descobriram que as bombas (os anabolizantes) fazem mal para a saúde. E faziam o link das duas informações.

Mas e quanto aos Wheys Nacionais que não tinham sucesso?

Agora os leitores e as leitoras com mais informações podem estar se questionando: tudo bem, houveram mesmo desentendimentos, mas e quanto às marcas de Whey que não tinham a mesma qualidade dos produtos estrangeiros?

Essa resposta também é fácil de ser explicada.

Antes, o Brasil tinha uma enorme dificuldade na produção do soro de leite. Um desafio até mesmo para a SOORO RENNER, que precisou batalhar muito em seu início até se firmar como a empresa que é hoje.

O soro de leite é o principal componente do Whey Protein, e a sua oferta é crucial para que o produto possa ser desenvolvido com qualidade. Então, como em países americanos este elemento já estava mais presente no mercado, havia uma facilidade para as empresas produtoras de Whey Protein lá.

Este desafio já não é tão marcante hoje. Há no Brasil uma oferta muito maior na produção e na manipulação do soro de leite de qualidade. É até um orgulho afirmar que a SOORO RENNER está na dianteira desta revolução.

Sendo assim, as empresas que produzem o Whey Protein hoje no Brasil tem muito mais recursos e matéria prima de qualidade para trabalhar o seu produto. 

Vantagens do Whey Protein Nacional

Se antes o Whey Nacional era visto como uma dúvida, hoje ele oferece inúmeras vantagens para quem deseja consumir ou até trabalhar comercializando o produto. 

Preço

Vamos começar pelo preço: um Whey Protein Nacional de qualidade, com pureza digna dos melhores produtos, custa hoje cerca de 2x menos do que a sua versão importada. Com o desbalanceamento da moeda nacional em relação às notas estrangeiras, esse valor pode ficar ainda mais acentuado em diversos momentos do ano. 

Acessibilidade 

Além de tudo, é mais fácil encontrar certos tipos de Whey Protein quando você procura entre as marcas nacionais. Como as importações sofreram uma desaceleração nos últimos anos, tipos mais complexos de Whey podem ser um desafio – por exemplo: o tipo que pode ser consumido até por pessoas com intolerância à lactose. 

Essa oferta é muito mais vasta nas opções nacionais. O que nos leva à terceira vantagem. 

Estoques

Os estoques de Whey Protein nacional estão fartos. Hoje você pode iniciar a sua dieta sem qualquer receio de que o produto irá desaparecer das prateleiras. O mesmo não pode ser dito das marcas estrangeiras.

Tem mais, os valores também são controláveis e previsíveis. Como a produção acontece 100% em território nacional, é pouco provável que o preço para o consumidor final sofra alterações bruscas. Já no caso dos produtos importados esse é um risco constante. 

Leia também: 12 dicas importantes para a sua qualidade de vida

Opções

Há muitas opções no mercado: desde o tradicional Whey em pó, até suas versões em barras de chocolate, cremes para passar em torradas, biscoitos, entre muitas e muitas outras. 

Este é um mercado em ascensão no Brasil e a perspectiva é que cada vez mais opções estejam disponíveis, com preços justos e qualidade impecável.

Agora você já sabe que o Whey Nacional é mais do que indicado, ele até mesmo apresenta vantagens.

Gostou da nossa publicação? Então continue acompanhando o nosso Blog. Estamos sempre trazendo dicas, novidades e segredos sobre o universo da alimentação de alta performance.

Agradecemos a leitura e até a próxima.