Voltar

5 dicas para tomar Whey de forma correta

Trouxemos 5 dicas para tomar Whey de forma correta. São conselhos práticos para você começar hoje mesmo e melhorar os resultados da sua suplementação.

Então, vamos lá. Fique confortável e aproveite a leitura!

Saiba mais: Qual é o Whey certo para você?

Dica 1: entenda (de verdade) como o Whey funciona

Se você já treina e deseja aproveitar os benefícios do Whey – para ganho de massa muscular – a dica especial de consumo é tomar no pós-treino (de 30 minutos até 4 horas após o treinamento).

Pois ele funciona como um excelente repositor de proteínas. Anote isso, repositor.

Já que no exercício você tem uma perda significativa em diversos nutrientes e uma queima de proteínas e gorduras, o Whey surge como um excelente repositor. Você ganha massa magra, ganha músculos e perde gordura saturada.

Ou seja, o Whey não adiciona nada, ele ajuda seu corpo a substituir o que já existe por um elemento mais saudável (no caso, a proteína).

“Mas e se eu não treinar, o que eu faço?”

Mesmo para quem não tem uma rotina de malhação, esse suplemento alimentar é uma boa fonte de proteínas para suprir as necessidades do organismo. Contudo, lembre-se de que a sua ingestão deverá ser menor.

A maneira mais indicada para incluir o Whey protein no seu dia a dia é contar com a importante orientação de um nutricionista, o qual poderá definir a quantidade e o tipo de Whey adequado às suas necessidades.

Afinal de contas, há uma variedade de versões desse suplemento.

Então, a primeira dica é: encare o Whey como um repositor de proteína.

Leia em seguida: Whey Protein e diabetes: entenda a relação entre os dois e mantenha sua saúde

Dica 2: combine Whey com o treino pesado

Como dissemos, o Whey protein é um componente essencial para a formação de massa magra, assim como toda proteína, mas de nada adianta consumir o suplemento sem estimular a estrutura muscular do corpo.

Isso, levando em consideração que você deseja ganhar músculos ou acelerar os resultados. Então, nós indicamos que você combine a suplementação de Whey com um treino que realmente lhe faça suar.

O ideal é praticar atividades físicas com foco na queima de gordura de 3 a 4 vezes semanais. Uma boa sugestão de duração dos exercícios deve ser entre 30 a 60 minutos.

Se você fizer isso, os resultados surgirão rapidamente.

Dica 3: entenda com o Whey atua em diferentes horários

Em ordem de importância, estes são os melhores horários para tomar Whey Protein:

  • Logo após o treino: este é o momento em que o músculo está ávido por nutrientes, podendo inclusive ser comparado a uma esponja que tudo absorve. Tomar o Whey até 30 minutos após o final da atividade garante os aminoácidos e carboidratos de que as células necessitam para formar novas proteínas e regenerar o tecido muscular.
  • Antes de se deitar: Considerando-se uma noite de sono de aproximadamente 7/8 horas, temos que sua musculatura ficará praticamente um terço do dia sem receber qualquer tipo de nutriente externo, causando o catabolismo (perda dos músculos). Para evitar que isso ocorra, tomar um shake com Whey protein pouco tempo antes de ir para a cama pode ser uma ótima opção para garantir um fluxo constante de aminoácidos para o tecido muscular.
  • Ao acordar: Como acabamos de mencionar acima, ao levantar você estará vindo de um jejum de várias horas, e nesse momento seu corpo estará mais do que nunca necessitando de nutrientes para dar continuidade à síntese de proteínas. Nesse caso, auxilia na redução de fome no início do dia.
  • De 30 a 45 minutos antes do treino: ainda que você tenha feito uma refeição algumas horas antes de ir para a academia, tomar um shake de Whey antes do treino pode ajudá-lo a minimizar o catabolismo decorrente da ação do cortisol liberado durante os exercícios intensos.

Tire suas dúvidas: Quanta proteína você precisa consumir por dia?

Whey Protein

Dia 4: saiba as outras funções do Whey Protein

Whey como repositor de glicogênio.

Outra função do Whey é garantir que seu corpo não recorra à própria musculatura para obter energia quando os estoques de glicogênio tiverem se esgotado.

Tomar o Whey protein logo após o treino é considerado o horário que traz mais benefícios nesse sentido, porque é nesse momento em que ocorre a “janela anabólica”, o momento perfeito para o seu corpo aproveitar os nutrientes.

De acordo com um estudo de 2002 publicado no periódico Current Sports Medicine Reports, é recomendado tomar um suplemento proteico de 15 a 60 minutos após o término do exercício de força.

Então, se você seguiu a dica 2 e combinou Whey com treinos pesados, siga essa dica também e tome Whey assim que o exercício terminar. Usando seu recurso de repositor glicogênio.

Veja também: Whey Protein e amamentação: é verdade que mães não podem consumir o produto?

Dica 5: Tome o Whey certo para as suas necessidades

Entenda exatamente quais são os 3 tipos de Whey e para que eles servem.

Whey Protein Isolado

O mais puro. Apresenta maior percentual de proteína  – de 90 a 95% – e menor percentual de outros elementos, e por isso, é mais indicado para atletas e pessoas que estão com restrição de carboidratos na dieta.

Esse é o Whey mais puro que existe. Indicado para atletas de alto desempenho pela sua alta absorção.

Whey Protein Concentrado

É a versão de Whey mais conhecida e consumida no mercado. Sua concentração de proteínas, no entanto, é normalmente mais baixa (variando de 25 a 85%), apresentando  maior quantidade de outros nutrientes, como a lactose (4 a 8%), gorduras e minerais.

Esse é um Whey com ótimo custo/benefício. Rápida absorção, excelente para construção de músculos e perfeito para todas as pessoas, às que treinam há um tempo e às que estão começando.

Whey Protein Hidrolisado

Trata-se da versão mais processada do Whey e de maior custo do que os anteriores. O que o diferencia dos demais é justamente a presença de mais etapas em sua produção, que fazem com que ele seja “pré-digerido”, facilitando a absorção do organismo. Por ter uma produção mais complexa, também é o mais caro. Não contém lactose e é a proteína de digestão mais rápida.

Este Whey é excelente e apresentado em inúmeras formas, contudo, por ser um Whey de absorção muito rápida, é indicado para pessoas que têm um fluxo de treinos intensos.

Ou seja, se o seu treino é leve/moderado, ou se você não treina todos os dias da semana, prefira o Whey concentrado.

Prontinho, agora você já sabe tudo sobre Whey e como tomar de forma correta.

Quer mais dicas como essa? Continue acompanhando este Blog.

Estamos sempre trazendo dicas, notícias e novidades sobre nutrição que gera resultados.

Agradecemos a leitura e até a próxima!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.