Voltar

Jejum intermitente? Nós pesquisamos tudo sobre o assunto

Olá, tudo beleza? Hoje nós queremos conversar sobre um assunto que pode causar certa polêmica, mas vale a publicação. Vamos falar sobre jejum intermitente, essa tendência em dieta que agrada muitas pessoas, mas que também causa espanto em diversos profissionais da área da saúde.

Queremos ressaltar que o intuito da nossa publicação não é de maneira alguma criar um embate, ou gerar disputas. Nós pesquisamos e lemos a opinião de nutricionistas, nutrólogos, além de termos uma equipe de profissionais da saúde para apoiar cada palavra.

Mas também demos um espaço nas nossas pesquisas para as pessoas que praticam jejum intermitente, assim elas podem explicar como essa prática tem funcionado e quais são as vantagens aparentes.

Então, condensamos todas essas informações em um artigo simples e direto ao ponto. 

Muito bem, vamos começar. Fique confortável e aproveite a leitura

O que é o jejum intermitente?

Jejum intermitente é uma nova tendência que surgiu com força em 2019, e ganhou ainda mais adeptos em 2020. Na prática, funciona como uma promessa para perder peso, colocando longos intervalos entre as refeições.

Os adeptos do jejum intermitente apostam no metabolismo natural do corpo como a melhor forma para fazer dieta. Espaçando as alimentações com longos períodos de fome, espera-se que o corpo queime gordura e incorra na perda de massa gorda. 

Um jejum intermitente funciona, normalmente, entre 10 e 14 horas. Entretanto, em alguns casos esse número pode chegar até mesmo a 24 horas sem qualquer refeição ou alimentação. 

Os tipos de jejum intermitente são:

  • Jejum de 12 horas sem comer – incluindo as 8 horas recomendadas de sono
  • Jejum de 16 horas, chamado Leangains – janela de 16 horas entre uma refeição e outra, e janela de 8 horas entre as refeições subsequentes
  • Protocolo: coma – pare – coma – Jejum de 24 horas entre duas refeições.

Lembrando que os jejuns são programados, não hábitos. Ninguém que faça parte de um processo de jejum intermitente fará 24 horas de intervalo entre as refeições cotidianamente. Um dia da semana é escolhido especialmente para isso.

O que dizem os nutricionistas sobre o jejum intermitente?

Entretando, precisamos deixar claro que prática também pode ser extremamente perigosa e incorrer em diversos riscos para a saúde. Para começar, existe um sistema viciante que pode interferir diretamente no metabolismo. Entenda:

Sentir fome a todo momento é um grande problema e usar a alimentação como alívio para estresse e ansiedade representa um risco à saúde, por outro lado, não sentir fome nos horários corretos também é tão indesejável quanto. Afinal, o metabolismo bem regulado requer que o corpo receba energias diárias, tanto em forma de descanso, quanto em calorias consumidas.

Como em qualquer outra estratégia nutricional, a dieta do jejum intermitente tem suas limitações e suas regras. 

Temos que lembrar que Cada um tem sua necessidade nutricional, carrega sua carga genética, possui diferentes características físicas e realiza diversas atividades ao longo do dia. Ou seja, o que pode ser bom para um, pode não ser para o outro.

E por fim, é importante ressaltar que a ausência de nutrientes, a longo prazo, pode acarretar alterações importantes ao organismo, como queda ou enfraquecimento do cabelo, constipação intestinal, osteoporose, anemia, desidratação, atividade mental comprometida, dificuldade de concentração, ansiedade e irritação.

Leia em seguida: Soro de leite: como este ingrediente está presente nos alimentos e quais as suas vantagens

Resumo: jejum intermitente, devo ou não fazer?

Se você tem uma rotina de treinos e precisa de energia para garantir o desempenho, é altamente desaconselhável que pratique o jejum intermitente. Uma vez que os exercícios exigem a queima de calorias e o seu corpo tem que contar com uma oferta abundante de energia.

A melhor receita para quem deseja ganhar massa muscular, perder massa gorda e entrar em forma é: treinar. Não há segredo quanto a isso. Os treinos trazem inúmeros benefícios para a saúde, além de melhores resultados também em áreas como autocontrole, diminuição da ansiedade, entre outras.

O jejum intermitente surge como uma moda entre as dietas e assim como todas as outras modas precisa ser considerado com cuidado. Independentemente de qual seja a sua postura, jamais tome uma decisão sem consultar um especialista de confiança.

Gostou da nossa publicação de hoje? Então continue acompanhando o nosso blog. Estamos sempre trazendo notícias e novidades sobre alimentação, desempenho e cuidados com a saúde.


Agradecemos a leitura e até a próxima!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.