Voltar

Qual a diferença entre Whey Protein e Creatina? E qual é melhor?

Você sabe qual é a diferença entre Whey Protein e Creatina? Hoje nós vamos conversar sobre este assunto tão importante na vida de quem busca suplementação.

Afinal de contas, quando você treina está pensando em apenas uma coisa: resultado.

A para alcançá-lo é preciso entender a mecânica do corpo e o processo de formação dos músculos. Mas, como gostamos de afirmar, esta não precisa ser uma conversa chata e repleta de termos técnicos.

Hoje vamos explicar a diferença entre Whey Protein e Creatina de um jeito direto e prático. Assim você poderá escolher qual é a melhor suplementação para o seu caso. 

Vamos lá! Fique confortável e aproveite a leitura.

Diferença entre Whey Protein e Creatina na construção muscular

Uma ótima construção muscular requer muito mais do que ir para academia e completar as suas séries de exercícios. Se você deseja obter os resultados de uma hipertrofia saudável, mantendo a qualidade da sua saúde, precisa encontrar a combinação perfeita entre atividade física e nutrição de alto desempenho.

E por falar em nutrição, ela acontece em dois momentos: 

  • Durante a nossa alimentação – que pode ter um controle até simples de ser seguido, contanto que você não consuma fast-food diariamente; 
  • E no consumo de suplementos – estes usados para acelerar os processos metabólicos e cobrir as ineficiências deixadas pela alimentação.

Então, hoje vamos fazer uma comparação: de um lado temos a creatina, que é o suplemento mais estudado, frequentemente confundida com anabolizante, descoberta no ano de 1832.

Na outra ponta está o Whey Protein: o suplemento mais famoso do mundo , usado para perda de peso e ganho de massa, há indícios do uso medicinal de compostos semelhantes desde 300 a.C.

Veja como funciona o Whey Protein

O Whey Protein é realmente famoso, de tal maneira que muitas pessoas não chegam nem a pensar ou pesquisar sobre outros suplementos. Sua popularidade é tanta que criou-se um mito de que a proteína é um dos únicos elementos responsáveis pela criação dos músculos.

Em resumo: o Whey Protein fornece aminoácidos em sua fórmula e no geral é a receita perfeita para a recuperação e crescimento de massa magra depois do treino. Graças à fácil absorção do organismo e uma grande reserva de energia. 

Como funciona a creatina no ganho de massa muscular? 

A creatina não tem o fator que aumenta os nossos músculos diretamente do mesmo jeito que acontece com o Whey Protein. Por outro lado, o uso da creatina estimula e oferece uma quantidade maior de energia disponível dentro dos músculos. E isso, de certo modo, aumenta a força disponível para o treino. 

Também há um efeito benéfico sobre a estamina e o vigor durante o treino. Consequentemente, a creatina leva ao aumento de massa magra como resultado de um exercício mais vigoroso.

De todo modo, a creatina não substitui o Whey Protein. Aliás, se você ficar em dúvida entre um dos dois, escolha o Whey. Além dele ter uma absorção melhor no organismo, seu uso é muito mais prático e os efeitos seguem um padrão metabólico mais saudável e fácil de acompanhar. 

Quanto tomar de Whey Protein ou Creatina?

O cálculo da dose diária recomendada de Whey Protein é de 0,5g a 0,8g por quilo corporal. Entretanto, esse valor é indicado para pessoas que treinam com regularidade, mas não são competidoras nem precisam de um alto desempenho.

Já para atletas, fisiculturistas ou quem pratica atividades físicas de alta intensidade, a dose recomendada de Whey Protein é de 1,0g – 1,4g por quilo corporal.

Por outro lado, a creatina oferece alguns caminhos. Antes de mais nada, para fazer uso da creatina você deve compreender bem as fases do corpo. Você pode começar com  esse suplemento durante a chamada fase de saturação, que é o momento quando há um reforço de creatina nos músculos. 

Depois dessa fase, há o que podemos chamar de manutenção, quando você deverá apenas controlar os níveis de creatina presentes no organismo.

A fase de saturação da creatina requer aproximadamente 5 doses diárias, de 5g, durante um período entre 5 e 7 dias. Após, a manutenção indicada é de 3g a 5g por dia.

Você também pode começar com 3g a 5g diários de creatina, o que gera um aumento gradativo da substância no seu corpo. Os resultados levam mais tempo, mas há um processo muito mais natural e orgânico. 

Quando consumir Whey Protein ou Creatina? 

Como explicamos ao longo do artigo, a aplicabilidade dos dois produtos têm diferenças marcantes. E portanto, serão consumidos em momentos separados. 

O Whey Protein pode ser consumido até mesmo nos dias de descanso, já que a composição contém ingredientes que auxiliam na recuperação do músculo. Já para os dias de treinos, o Whey Protein é indicado logo após o exercício físico, quando os músculos estão em estado reestruturação, algo que melhora a absorção das proteínas concentradas. 

Você também pode consumir o Whey Protein antes do treino, especialmente se você está indo treinar de estômago vazio – aliás, não indicamos que você treine sem um reforço alimentar. Pois os sucos do seu metabolismo iriam consumir o Whey Protein e diminuir a eficácia da ingestão. 

Já a creatina é ingerida entre 30 e 0 45 minutos antes do treino. 

Leia em seguida: Como vencer a procrastinação e ter energia para treinar

Quem é melhor: Whey Protein ou Creatina? 

É complexo apontar um produto melhor, já que o Whey Protein age de uma maneira e a creatina obedece outro padrão de comportamento no corpo. Entretanto, para quem deseja apenas manter a saúde e ganhar massa magra, o Whey Protein leva vantagem.

Além de ser mais simples de consumir, ele exige um comprometimento menor. Você terá toda a liberdade para balancear os seus treinos e seguir uma rotina razoavelmente simples de treinos, alimentação e suplementação.

Tem mais, todos os resultados que você é capaz de conquistar com a creatina, também são possíveis apenas com o Whey Protein e boas doses de disciplina. Afinal, por se tratar de uma fonte de energias, o Whey não deve em nada aos outros suplementos.

Gostou do nosso artigo de hoje? Então continue acompanhando o nosso blog. Estamos sempre trazendo notícias e novidades sobre o universo da alimentação de alta performance.

Agradecemos a leitura e até a próxima!