Voltar

Whey Protein e diabetes: entenda a relação entre os dois e mantenha sua saúde

Olá, hoje nós queremos conversar com você sobre um assunto importante: a relação do Whey Protein com a diabetes. Trouxemos informações de estudos que são importantes para você entender os efeitos benéficos da suplementação em pessoas diabéticas.

Como sempre gostamos de relembrar: esta não é uma indicação médica. E, de modo algum, estamos prescrevendo aqui qualquer tipo de tratamento. A palavra do seu médico é final. 

O que nós estamos mostrando são estudos e conclusões para que você traga este assunto para a sua nutricionista, a sua médica, e assim possa encontrar a melhor dieta para o seu estilo de vida.

Muito bem, vamos conversar sobre diabetes e Whey Protein. 

Leia também: Consumo diário de proteína: qual é a indicação nutricional apropriada?

Whey Protein traz benefícios para diabéticos: verdade ou mentira? 

Sim. Existem atualmente vários estudos científicos que demonstram os benefícios do uso de Whey protein, principalmente por diabéticos.

As proteínas que compõem o suplemento ajudam a manter os níveis de glicemia estáveis, o que é benéfico tanto para o diabético quanto para quem quer melhorar a composição corporal.

Ainda assim, o ideal é que o paciente seja acompanhado por profissionais de saúde e que o suplemento seja prescrito por um nutricionista, que levará também em conta os hábitos alimentares na sua totalidade.

Aprenda mais: Perda muscular: como a proteína certa impede este problema

Whey Protein no controle da diabetes tipo 2?

A whey protein é um suplemento rico em aminoácidos. Quando ingerimos, eles são degradados nos tecidos musculares e, em seguida, ocorre o aumento da concentração plasmática de dois aminoácidos fundamentais em nosso organismo: a alanina e a glutamina.

Estes aminoácidos são transportados para o fígado para que a glicose seja produzida, estabilizando a glicemia em períodos de jejum e reduzindo a resposta da insulina após as refeições.

Dessa forma, ao elevar as concentrações de proteínas do soro do leite, consequentemente ocorre a redução da liberação de insulina pós-prandial e potencializa a ação do fígado no controle da glicemia.

O Whey Protein auxilia também no retardo do esvaziamento gástrico, redução do apetite e consumo de energia.

Saiba mais: Conheça os benefícios da suplementação de proteína para todos os casos

Whey Protein Isolado pode ser consumido por diabéticos? 

Para manter a glicemia constante, a whey protein isolada pode ser dividida em 6 pequenas refeições, utilizando porções de 5g em cada refeição, em forma de shake. 

Por exemplo, ele pode ser consumido batido com uma banana ou outra fruta de sua escolha. Claro, sempre é bom lembrar: é importante pedir orientação ao seu nutricionista ou médico para saber a quantidade mais indicada dentro de sua dieta.

Estudos mostram a eficácia do Whey Protein

Alguns estudos isolados comprovam a eficácia do suplemento no tratamento do diabetes. 

Pesquisa da Universidade de Melbourne, na Austrália, realizada com pacientes da 3ª idade e praticantes de atividade física, mostrou um benefício discreto nas medidas de glicose dos participantes.

Veja também: Elemento chave de saúde: saiba por que a qualidade da proteína importa muito

Suplemento de proteína ou suplemento de zinco?

O zinco vem sendo muito citado como um mineral importante no controle da glicemia em diabéticos, especialmente depois da publicação de estudos recentes como o divulgado pelo The American Journal of Clinical Nutrition.

Essa pesquisa demonstrou que, quando a insulina falta nos pacientes diabéticos, o zinco pode conseguir suprir em partes o controle da glicemia.

De qualquer forma, a suplementação só deve ser feita sob orientação de um profissional de saúde. Pois, mesmo que o zinco tenha uma participação marcante no controle glicêmico, é preciso compreender que estamos falando de estudos em curso e há dados que precisam de testes reforçados. 

Consumir whey protein afasta o risco de diabetes?

Como ele é um ótimo aliado no pós-treino, isso não há dúvida. Contudo, nós também sabemos deste outro benefício: o suplemento derivado do soro do leite também afasta o risco de diabetes tipo 2, principalmente quando consumido pela manhã, ou após a atividade física, segundo um estudo recente publicado na revista Diabetes Time.

A combinação da proteína e do exercício ajuda no controle dos níveis de açúcar no sangue de pessoas obesas que tomaram um café da manhã caprichado em carboidrato após 30 minutos de caminhada. 

Por ser uma fonte rica em aminoácidos, o suplemento de soro de leite estimula a secreção de insulina – responsável por jogar a glicose para dentro das células.

Resumindo: o Whey Protein pode sim ser consumido por pessoas com diabetes

Bem, há indícios de que o Whey ajuda na prevenção da diabetes e também inúmeros estudos têm apontado os benefícios para pessoas que já possuem esta condição. 

Sendo assim, podemos afirmar com segurança de que o consumo da suplementação de soro de leite é tranquila e poderá ser feita por praticamente todas as pessoas.

Esperamos que o artigo de hoje tenha jogado luz em muitas das suas dúvidas.

Quer ler mais artigos como este? Então continue acompanhando o nosso Blog.

Estamos sempre trazendo dicas, segredos e novidades sobre alimentação de alta performance.

Agradecemos a leitura e até a próxima. 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.