Voltar

Como investir mais na sua saúde: 12 dicas importantes para a sua qualidade de vida

Você sabe o que é qualidade de vida? Hoje nós trouxemos um artigo recheado de dicas para você colocar em prática e cuidar da sua saúde. Ter uma vida mais tranquila e prazerosa.

Nós temos certeza de que: se você usar esses 12 conselhos a sua vida será um tanto considerável melhor. 

E podemos fazer essa promessa sem qualquer medo ou receio, pois são dicas práticas, do dia a dia, que mostram resultados já nas primeiras semanas.

Deixamos o desafio. Coloque as 12 dicas em prática e depois nos diga quais foram os resultados.

Então vamos lá. Fique confortável e aproveite a leitura!

Veja também: Soro de Leite: a história deste elemento tão importante no mercado moderno

  1. Divida suas emoções

Você não está sozinho. Uma jornada de saúde e bem-estar se torna mais leve quando você compartilha, portanto, socialize. Envolva a família e os amigos em seus novos hábitos, espalhe as suas emoções com todos, divida suas dificuldades, peça ajuda, comemore os resultados com alguém.

  1. Cuidado com o açúcar

O açúcar consumido em excesso pode resultar em diversos problemas à saúde, a exemplo da diabetes e resistência insulínica. Além disso, o açúcar provoca o aumento de peso. Portanto, o excesso de açúcar deve ser evitado.

  1. Cuide da mente também

Cuidar da saúde mental é tão importante quanto o corpo. Realizar leituras frequentes, praticar uma atividade onde o pensamento tenha que ser estimulado – como yoga ou pilates, por exemplo – são maneiras de manter a mente sã e melhorar a qualidade de vida.

Saiba mais: Suplementação para quem treina poucas vezes por semana é uma boa?

  1. Hidrate-se

O corpo humano é composto por cerca de 70% de água. A falta desse fluido vital afeta diretamente o funcionamento do organismo. Por isso, manter-se hidratado previne uma série de problemas, trazendo mais qualidade para o dia a dia.

  1. Sem pessimismo

Todos os dias, notícias ruins inundam os jornais. É comum também algo não sair do jeitinho que você planejava. Mas, pensar positivo e praticar a gratidão é essencial para não entrar em um mindset ruim.

Ao invés de pensar no que poderia ter disso, olhe para frente e veja como aprendeu com aquele tropeço. E comemore as pequenas vitórias; elas também merecem ser celebradas.

  1. Corte os vícios

Todas as dicas que você acompanhou até aqui são importantes e farão diferença na sua vida se aplicadas. Contudo, manter vícios prejudiciais à saúde pode anular essa iniciativa. E neste caso, me refiro ao fumo, bebidas e até mesmo uso de substâncias químicas. Para ter qualidade de vida você precisa eliminar esses vícios imediatamente.

Sabemos que perder um vício pode ser complexo. Nesse caso, indicamos que você conte com o auxílio de profissionais especializados. Todos merecemos uma vida saudável, e não há nada de errado em possuir um vício. O erro está em não pedir ajuda. 

  1. Durma bem

Uma noite de sono bem dormida é altamente reparadora. Comece a sua caminhada em direção à saúde percebendo se o seu sono é regular, ininterrupto e se lhe faz acordar descansado.

Caso contrário, todos os outros passos serão mais difíceis e talvez insuficientes para que alcance a saúde. O sono é o principal momento de reparação, regeneração e recuperação do corpo e não pode, de maneira alguma, estar desequilibrado.

  1. Controle o peso

Uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes, e a prática de exercícios físicos regulares vão te ajudar a manter o peso ideal. O sobrepeso e a obesidade, além de elevar os riscos de diabetes, derrame, hipertensão e apneia, estão por trás de 30% dos casos de câncer, de acordo com dados levantados pela União Internacional de Combate ao Câncer (UICC).

Por isso, a regulação da dieta é fundamental. Além de melhorar a saúde e a autoestima, a perda de peso também favorece a memória, segundo pesquisas feitas pelo Hospital das Clínicas, de São Paulo.

Veja: Mais dúvidas e lendas sobre Whey Protein

  1. Exercite-se

Melhorar a qualidade de vida implica, em primeiro lugar, assumir hábitos saudáveis. Substituir uma rotina sedentária pela prática de exercícios físicos é, assim, a primeira providência de quem quer viver melhor.

Além dos benefícios para o corpo (controle da pressão arterial, da capacidade respiratória e dos níveis de colesterol, entre outros), uma caminhada ou corrida leve ao final do dia é excelente para recuperar o humor, espantar o estresse e arejar as ideias.

  1. Cultive as amizades

Conseguimos sentir de longe os benefícios que a convivência com pessoas queridas nos traz. Mas, ter uma boa rede de amigos pode ser mais importante do que você imagina.

Uma pesquisa recente da Universidade Brigham Young, nos EUA, descobriu que quem vive rodeado de amigos e vizinhos pode viver até 50% mais do que alguém que vive só.

Para os pesquisadores, perder o apoio social pode diminuir ainda mais as chances de sobrevivência do que obesidade, fumo e sedentarismo.

11. Tenha um tempo para você

Praticamente todas as listas com dicas sobre saúde e bem-estar possuem este item – e não é à toa! Reservar alguns minutos do dia para fazer algo que gosta pode ter um grande impacto na sua qualidade de vida.

Veja um filme, leia um livro, ouça música, brinque com seu pet. Isso vai te distrair dos problemas e mandar o estresse para longe.

12. Conheça-se

Procure “ouvir” o seu corpo e a sua mente. Esteja atento aos sinais e comandos que podem sinalizar a necessidade de mudança de postura. Às vezes, o corpo e a mente emitem sinais como indícios de eventuais problemas ou de algo que não vai bem.

É preciso desenvolver a habilidade necessária para perceber esses sinais e adotar as medidas que viabilizem as melhores soluções para promover a saúde e melhorar a qualidade de vida.

Leia em seguida: Aprenda os melhores dias da semana para treinar

Conceito de qualidade de vida e saúde

De acordo com a OMS, a definição de qualidade de vida é a percepção que um indivíduo tem sobre a sua posição na vida, dentro de diversos contextos. Por exemplo, cultura e valores nos quais está inserido e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações. 

Assim sendo, é uma definição que contempla a influência da saúde física e psicológica, nível de independência, crenças pessoais e as características inerentes ao meio que a pessoa se encontra.  

Portanto, a qualidade de vida é definida como a “satisfação do indivíduo no que diz respeito à sua vida diária”

Gostou do artigo de hoje? Então continue acompanhando o nosso Blog.

Estamos sempre trazendo dicas e novidades sobre o universo da alimentação de alta performance. 

Agradecemos a leitura e até a próxima. 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.