Voltar

Conheça estas técnicas incríveis para aumentar os resultados dos seus treinos!

Quer melhorar os resultados dos seus treinos? Você sente que está perdendo tempo? Este artigo é focado em aumentar o seu desempenho em cada treino e obter os melhores resultados possíveis.

Como gostamos de afirmar, aqui falamos sobre nutrição que gera resultados. Então, hoje trouxemos aqueles conselhos perfeitos para você que quer maior impacto nos seus treinos.

Vem ver de perto o que temos a falar sobre este assunto. Fique confortável e aproveite a leitura!

Whey Protein e amamentação: é verdade que mães não podem consumir o produto?

Foco na alimentação

Já está mais do que provado que a alimentação não só aumenta o seu desempenho a longo prazo, como ela é responsável também pela sua concentração e força no dia a dia da academia. Por isso, é essencial saber o que comer antes e depois dos exercícios.

Antes do treino o foco é um só: energia. Você precisa se alimentar para manter os índices glicêmicos em determinado nível e ter força para malhar.

Nesse momento, por volta de 1 hora a 30 minutos antes do treino a dica é consumir carboidratos complexos, de lenta absorção, que são fonte de energia, como batata doce, alimentos integrais e grãos.

A sugestão é investir em frutas, torradas, cereais, iogurtes, frios magros, etc. Se não conseguir comer, aposte no isotônico, no caso de corridas, e em um suplemento rico em carboidratos como a maltodextrina – no caso de musculação.

E claro, invista também no suplemento Whey Protein, pois ele é quem lhe dá mais energia para continuar treinando. 

Uso do soro de leite na alimentação animal: veja como essa tendência traz resultados incríveis

Estipule um objetivo

O fator principal que vai te dar motivação e te ajudar nessa jornada é seu objetivo. Saber o que quer é fundamental nesse processo de começar a treinar. Você está iniciando seu treinamento para perder gordura? Aumentar a massa muscular? Praticar mais exercícios físicos? Melhorar a postura?

Um ponto imprescindível nesta sua nova jornada é fazer uma avaliação física para saber como está o estado do seu corpo, identificando possíveis lesões, áreas frágeis ou até mesmo problemas de saúde. Isso, unido com o objetivo, será o maior passo da sua nova rotina.

Nunca é tarde para começar: mais benefícios da suplementação para seniors

Aumente as repetições

Antigamente, era comum ouvir nas academias que treinos para ganhos de massa muscular deveriam ser realizados com muito peso – cerca de 70% a 80% da carga máxima –  e poucas repetições (de 8  a 12).

Mas estudos recentes têm demonstrado que é possível obter hipertrofia tanto com carga alta e um número baixo de repetições quanto com pouco peso e muitas repetições, desde que o exercício seja realizado até a falha muscular – ou seja, quando você não tem força para levantar o peso nem mais uma vez.

Acredite ou não, descanse 

Algo muito comum de acontecer é você estar tão concentrado em obter resultados que acaba no overtraining, ou seja, treinando grupos musculares de forma excessiva.

Para evitar lesões e sobrecarga, é necessário ter pelo menos um dia de descanso entre os treinos dos mesmos músculos. Isso vale também para diminuir seus níveis de cortisol e melhorar sua saúde mental.

Conheça o incrível resultado da proteína na vida dos atletas profissionais

Hidrate-se

A hidratação é fundamental para manter o organismo em funcionamento e estimular o aparecimento dos resultados.

É recomendado que a pessoa beba água durante e após o treino para hidratar o organismo, recuperar a quantidade de água perdida durante o treino e aumentar a resistência muscular, evitando lesões, como contraturas ou rupturas musculares.

Além disso, no caso de treinos muito intensos ou realizados ao ar livre em ambiente muito quente, pode ser interessante beber uma bebida isotônica para repor mais rapidamente os minerais perdidos durante a atividade física.

É uma opção também para manter a energia durante o treino uma bebida energética feita com mel e limão.

Inspire a sua competitividade

Na esteira ou na bike, olhe para alguém perto de você, que esteja de fato treinando pesado, e tente superá-lo. Apenas fique atento para não extrapolar demais os próprios limites.

Durma bem

Dormir menos tempo que o necessário é outro fator que reduz os níveis de testosterona, lembrando que o tempo ideal de sono varia para cada pessoa. Alguns precisam de oito horas e outros de seis.

A idade também influencia na quantidade de horas dormidas.

Para se ter uma boa noite de sono, vá para a cama cedo, largue o celular e outros eletrônicos de lado e deixe o quarto completamente escuro, para aproveitar a produção de melatonina natural e desacelerar ao final do dia.

Quebre seus intervalos

Quando estiver fazendo abdominais, flexões, ou exercícios com pesos, divida os seus intervalos em grupos menores. Se 20 vezes parece impossível, divida isso em quatro vezes de cinco repetições. Os intervalos menores parecem mais fáceis de conquistar, fisicamente e psicologicamente.

Quer ler mais artigos como este? Continue acompanhando o nosso Blog.

Estamos sempre trazendo dicas, notícias e novidades sobre nutrição que gera resultados.

Agradecemos a leitura e até a próxima!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.