Voltar

Creatina ou Whey? Entenda as diferenças entre os dois!

Whey ou creatina? Qual destes dois suplementos é mais indicado para você e quais são as vantagens de cada um. Hoje nosso artigo traz informações sobre essa dúvida que é bem corriqueira.

Aliás, gostamos sempre de lembrar que este artigo não tem a intenção de substituir uma visita ao médico. Será o seu nutricionista que irá bater o martelo sobre a melhor suplementação para a sua saúde.


Entretanto, esse é um artigo que traz informações valiosas sobre os dois suplementos.

O que é creatina?

A creatina é um dos suplementos mais utilizados por aqueles que buscam o melhor desempenho em treinos intensos.

Ela é sintetizada no fígado e no pâncreas, e o nosso corpo produz 1g por dia.

Dessa maneira, já que a produção natural da creatina é limitada, a suplementação garante uma quantidade melhor para que ela possa gerar ainda mais energia para os treinos diários.

Para que serve a creatina?

A creatina age no corpo principalmente na produção de energia para as nossas células musculares. 

Ou seja, a suplementação irá estimular a capacidade dos músculos em desempenhar suas funções, aumentando sua força e seu potencial para atividades físicas.

Neste sentido, estudos mostram que uma suplementação adequada, se somada a uma dieta equilibrada e a uma frequência de treino de força, pode trazer grandes benefícios para atletas profissionais e iniciantes.

Em resumo, a creatina serve para:

  • Fornecer mais energia para as células musculares;
  • Melhorar a performance nos treinos;
  • Combater a fadiga e acelerar a recuperação muscular;
  • Colaborar para o ganho de massa magra;
  • Aumentar força e potência durante o treino;
  • Melhorar o funcionamento do metabolismo.

Além disso:

  • Pode melhorar a capacidade cognitiva e as funções cerebrais;
  • Diminuir os efeitos do envelhecimento.

Quais são os malefícios da creatina?

Apesar de ainda não haver estudos definitivos, os suplementos de creatina, quando de boa qualidade e usados na dose recomendada, não parecem estar associados a nenhum efeito colateral importante em indivíduos saudáveis, mesmo após 5 anos seguidos de uso.

Já é comprovado que excesso de aminoácidos e proteínas causam aceleração da perda de função dos rins em pacientes com insuficiência renal crônica, por isso, o uso de creatina nestes pacientes é contraindicado.

Na verdade, como ainda existem poucos estudos sobre a segurança dos suplementos de creatina, seu uso é desaconselhado em pessoas que não sejam completamente saudáveis.

Os efeitos colaterais mais comuns da creatina são náuseas, diarréia, cãibras e desidratação.

Existe ainda a hipótese de uma relação entre o consumo de creatina e aumento na incidência de cálculos renais.

Em pessoas com asma, a creatina pode causar exacerbações da doença.

O que é Whey Protein?

Whey Protein é um suplemento proteico feito a partir da proteína extraída do soro do leite, composta principalmente por alfa-globulina e beta-globulina.

O produto possui aminoácidos essenciais que são rapidamente absorvidos pelo corpo, substâncias que participam de forma ativa na construção de músculos e tecidos.

Para ser consumido, o Whey passa por um processo de industrialização que dá a consistência de pó.

Para que serve o Whey Protein?

O whey protein é uma fonte de proteínas para o organismo.

Muitas vezes, apenas a alimentação balanceada em união com o treino físico não conseguem atingir o objetivo almejado pelo atleta.

Por isso, é importante buscar um acompanhamento nutricional, para entender para que serve whey protein e como acrescentar o suplemento à dieta.

O whey age no desenvolvimento e no crescimento dos músculos, pois é facilmente absorvido pelo organismo, distribuindo a quantidade de proteína de que o corpo precisa. 

Além disso, o consumo de whey protein favorece a recuperação muscular depois de um longo treino.

A alta quantidade de cálcio presente no whey protein também é responsável por reduzir a gordura corporal.

Além de ser uma excelente fonte de cálcio, o whey protein é praticamente livre de lactose, o que pode ser uma vantagem para pessoas intolerantes a essa substância.

O consumo de whey protein também está diretamente relacionado ao aumento do desempenho nas atividades físicas. Isso acontece em razão das altas quantidades de cisteína, um aminoácido que auxilia no ganho de massa muscular e força.

Dessa forma, o suplemento ajuda a reduzir a sensação de fadiga muscular, aumentando o desempenho do atleta durante os treinos.

Quais são os benefícios do Whey Protein?

Whey protein é a maneira mais eficiente de adicionar proteína à sua dieta sem calorias extras de carboidratos ou gorduras.

Normalmente contém de 80 a 90 por cento de proteína, que fornece ao corpo o que ele precisa para construir músculos e força, enquanto se recupera rapidamente após um treino.

Uma análise de 2014 publicada no Journal of the American College of Nutrition examinou o efeito da proteína do soro do leite, com e sem exercícios de resistência, no peso corporal e na composição corporal.

Os pesquisadores descobriram que os adultos que tomavam suplementos de soro de leite experimentaram diminuições significativas na gordura corporal e no peso corporal.

Os resultados foram ainda mais significativos entre os adultos que combinaram a suplementação de Whey Protein com exercícios de resistência.

A proteína do soro parece afetar a grelina e a leptina, dois hormônios que ajudam a regular o apetite.

A leptina afeta principalmente o equilíbrio energético, que ajuda a suprimir a ingestão de alimentos, enquanto o gherlin regula a fome e desempenha um papel no início da refeição.

Esses hormônios atuam juntos para dizer ao seu corpo quando ele precisa se alimentar. 

Estudos mostram que, em pacientes obesos, os níveis circulantes de leptina estão normalmente aumentados, enquanto os níveis de grelina diminuem. Whey ajuda a equilibrar a secreção de leptina e gherlin, diminuindo assim os desejos de fome e ajudando você a parar de comer demais.

Mas como tomar whey protein e creatina?

Em resumo:

  • Creatina: é utilizada para o aumento da energia, que consequentemente se traduz no ganho de força e desempenho durante a prática de atividade física; 
  • Whey Protein: Nada mais é do que a proteína contida no leite, mas de forma concentrada. Recomendada para quem precisa recuperar a reconstrução muscular rapidamente e para quem deseja aumentar o ganho de massa.

Sendo assim, é possível tomar os dois suplementos, já que o whey fornece reconstrução da fibra muscular e a creatina dá um ‘gás’ pro treino.

No entanto, é importante ressaltar que saber como tomar o whey e a creatina depende também das suas necessidades nutricionais e orientações profissionais. 

Gostou da publicação de hoje? Então, continue acompanhando o nosso Blog.


Estamos sempre trazendo dicas, notícias e novidades sobre alimentação que gera resultados.


Agradecemos a leitura e até a próxima!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.