Voltar

O que são alimentos funcionais? Saiba tudo sobre este tema

Você sabe o que são alimentos funcionais? São aqueles que trazem inúmeros benefícios para diversos funcionamentos do corpo. Com o avanço da tecnologia, descobriu-se que a dieta certa é capaz de potencializar muitas funções do corpo.

Portanto, hoje nós trouxemos para você um artigo recheado de ótimas dicas sobre alimentos funcionais. Assim você poderá ajustar a sua alimentação diária e garantir uma saúde perfeita.


Vem ver de perto o que nós temos a falar sobre os alimentos funcionais. Fique confortável e aproveite a leitura. 

Leia também: Consumo diário de proteína: qual é a indicação nutricional apropriada?

O que são os alimentos funcionais e como eles atuam?

Embora, naturalmente, todos os alimentos sejam funcionais, uma vez que proporcionam sabor, aroma e valor nutritivo. 

Nas últimas décadas o termo funcional vem sendo aplicado a alimentos e ingredientes que possuem uma característica diferente: a de proporcionar um benefício fisiológico e/ou metabólico adicional, além das qualidades nutricionais básicas encontradas.

Tais alimentos também são vistos como promotores de saúde e podem estar associados à redução ao risco a certas doenças crônicas e degenerativas, como câncer e a diabetes, por exemplo.

Sobre saúde: Livre-se das doenças: conheça o papel da proteína no sistema imunológico

Como começar uma alimentação funcional?

É fundamental que a alimentação funcional seja inserida de forma correta na rotina alimentar, por isso é importante que seja individualizada, de acordo com o perfil de cada pessoa.

Manter uma dieta alimentar variada é essencial e importante para que possamos obter os benefícios de cada alimento, mas sem excesso ou escassez, pois das duas formas pode ser prejudicial ao organismo.

Reforçamos ainda que qualquer pessoa pode manter uma alimentação funcional, porém é preciso respeitar as restrições específicas de cada metabolismo.

Por exemplo, o glúten é vetado para quem tem intolerância, o chá verde ou outros alimentos com cafeína para quem tem pressão alta, insônia e ansiedade, e assim por diante. Por isso é importante buscar orientação individual com um profissional capacitado.

Veja também: Qualidade mais do que quantidade: como avaliar a qualidade da sua alimentação diária

Como se beneficiar das funções de cada alimento

Vejamos agora os benefícios associados aos principais alimentos do dia a dia:

Azeite de oliva extravirgem (acidez < 1%): Utilize diariamente uma colher de sopa sobre a salada no almoço e no jantar.

Linhaça, aveia e gérmen de trigo: utilize uma colher de sopa pela manhã e/ou à tarde sobre uma fruta ou iogurte.

Chá verde: Utilize pelo menos três xícaras (200 mL) ao dia. Evite utilizar à noite.

Frutas: coma frutas pelo menos três vezes por dia e procure utilizar frutas de coloração variada (ex. maçã, mamão e ameixa). Frutas secas também são uma boa opção.

Alimentos integrais: se houver opção, sempre escolha massas, panificações e cereais integrais.

Soja: caso tolere bem este alimento, procure utilizá-lo como alternativa alimentar. Existem leites, iogurtes, queijos e preparações muito saborosas. Experimente!

Legumes: assim como as frutas, coma pelo menos três vezes por dia. Prefira variar o máximo possível sua coloração.

Castanhas e nozes: apesar de bem calóricas, são muito saudáveis. Coma quatro a cinco unidades, uma vez ao dia como opção.

Leites fermentados e probióticos: caso tolere bem, procure consumir diariamente iogurtes e leites que contenham lactobacilos. Estes auxiliam na regulação intestinal e contribuem para o bom funcionamento orgânico.

Peixes: caso tolere bem, procure consumir pelo menos duas vezes por semana, dando preferência às preparações grelhadas.

Atualmente estamos enfrentando um grande avanço de doenças por conta de um estilo de vida desequilibrado envolvendo maus hábitos alimentares e sedentarismo.

Devemos manter uma alimentação equilibrada, e por que não observarmos a presença dos alimentos citados neste folheto no nosso dia a dia, pois há muito tempo já havia um pensamento importante! 

Saiba mais: Whey Protein e diabetes: entenda a relação entre os dois e mantenha sua saúde

Sugestão de cardápio para uma alimentação funcional 

Café da manhã

  • Chá de ervas
  • Pão integral com linhaça e queijo branco 
  • Mamão com aveia 

Lanche da manhã

  • 1 maçã

Almoço

  • Salada: Rúcula, agrião e tomate temperada com azeite
  • Arroz integral
  • Feijão
  • Peito de frango grelhado
  • Brócolis e cenoura sauté
  • Abacaxi
  • Suco de Melancia

Lanche da tarde

Bebida à base de proteína de soro de leite batida com morangos 

Leia em seguida: Não pare, é apenas outono!

Jantar

  • Salada: Soja com cenoura a juliene (ralada) e berinjela temperada com azeite
  • Sardinhas ao forno com pimentões e cebola
  • Purê de batata
  • Chicória refogada
  • Salada de frutas
  • Suco de Uva
  • Ceia
  • Chá de hortelã ou outro chá verde

Prontinho, esperamos que agora você já saiba tudo o que é preciso para manter uma alimentação saudável à base de alimentos funcionais.

Quer ler mais dicas como essa? Então continue acompanhando o nosso Blog. Estamos sempre trazendo dicas, notícias e novidades sobre o universo da alimentação que gera resultados.

Agradecemos a leitura e até a próxima. 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.