Voltar

Tomar Whey em Jejum é o Ideal? Vamos Explicar

Acordar, colocar os tênis, pegar o relógio para marcar a corrida e tomar um Whey. Será que essa é a rotina correta? Hoje vamos explicar se o ideal é tomar ou não o suplemento em jejum e quais são as práticas mais indicadas.

Como sempre, será um artigo leve. Sem tecnicalidades. Perfeito para garantir que você tenha todas as informações de que precisa.

Então, vamos lá. Fique confortável e aproveite a leitura! 

Saiba mais: Qual é o Whey certo para você?

Posso tomar Whey ao acordar?

Consumir Whey Protein ao acordar é válido para suprir o processo de catabolismo que o sono pode provocar pelo fato do organismo estar em jejum.

Ao acordar, seu corpo precisa de nutrientes para se recuperar e para dar continuidade à síntese de proteínas.

O Whey Protein é válido nesse momento por seu alto valor biológico e rápida absorção.

O que dizem os especialistas sobre ingestão de Whey pela manhã?

Em um estudo feito, após 12 semanas, um grupo que consumiu Whey Protein pela manhã perdeu mais peso em relação ao grupo que não consumia o suplemento.

A redução foi de 7,6kg, contra 6,1 kg do grupo outras proteínas, e 3,1 kg para o grupo carboidratos.

Os participantes do grupo whey protein se sentiam mais saciados durante todo o dia, apresentaram picos mais baixos de glicose após as refeições, em comparação com as outras duas dietas, e maior redução dos níveis de hemoglobina glicada (HbA1C).

A dieta com Whey protein suprime significativamente o hormônio da fome ‘grelina’. A bebida é facilmente preparada e oferece as vantagens de um café da manhã rico em proteínas. Seja para a perda de peso, redução da fome de picos de glicose ou HbA1c.

Tire suas dúvidas: Quanta proteína você precisa consumir por dia?

E quanto ao Whey Protein pós treino? 

Essa proteína derivada do soro do leite é rica em aminoácidos essenciais (que não são produzidos pelo nosso corpo), importante para a recuperação pós-treino.

Uma das vantagens do whey é que ele tem uma estrutura fácil de ser digerida e absorvida pelo organismo. Diversos estudos já mostraram que ingerir esse tipo de substância após os exercícios ajuda a reduzir os danos musculares e promove o crescimento e definição da musculatura.

Ou seja, quer perder peso? Tome em jejum. Quer ganhar massa muscular? Tome após os treinos. 

Veja também: Whey Protein e amamentação: é verdade que mães não podem consumir o produto?

E se eu estiver em jejum intermitente? 

Consumir Whey Protein ao acordar é válido para suprir o processo de catabolismo que o sono pode provocar pelo fato do organismo estar em jejum . Ao acordar, seu corpo precisa de nutrientes para se recuperar e para dar continuidade à síntese de proteínas.

Consumidas após um treino de resistência elevam as taxas de síntese proteica. Consumir 15 gramas de whey protein antes e após os treinos com pesos faz aumentar de forma significativa a síntese proteica. Para iniciar o processo anabolizante o ideal é consumir, logo após o treino, de 20 a 25 gramas de whey .

Vale reforçar que muitos nutricionistas não endossam o jejum intermitente e essa prática ainda é muito discutida em muitos meios acadêmicos.

Nós aconselhamos que você conte com estudos sólidos antes de decidir por uma estratégia tão intensa. Prefira uma dieta saudável e uma alimentação balanceada, acompanhada por um nutricionista. 

Leia em seguida: Whey Protein e diabetes: entenda a relação entre os dois e mantenha sua saúde

E assim você já sabe que o Whey é o seu melhor aliado em muitas situações

Prontinho, agora você já tem todos os dados de que precisa para tomar as melhores decisões por conta própria.

Gostou do artigo de hoje? Continue acompanhando o nosso Blog. Estamos sempre trazendo dicas, notícias e novidades sobre nutrição que gera resultados.

Agradecemos a leitura e até a próxima! 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.