Voltar

O que são pré-hormonais e como se combinam com a suplementação

Quem inicia uma rotina de treinos rapidamente entra em contato com duas coisas: a suplementação e os pré-hormonais. Hoje queremos suprir as dúvidas entre os dois.

Vamos explicar para você o que são os pré-hormonais, como eles combinam com a suplementação (ou não) e também queremos esmiuçar detalhes de como aumentar os resultados dos seus treinos.


Por isso, se você sente que está treinando muito, mas está demorando para obter os resultados desejados, este artigo é para você! Ou se você está em dúvida se deve tomar ou não pré-hormonais, este artigo também vai te ajudar muito.

Então, fique confortável e aproveite a leitura!

Antes um adendo

Antes de qualquer coisa, queremos reforçar que este artigo não é uma prescrição médica. Todas as indicações do que você precisa consumir, ou não, devem ser dadas por um especialista de confiança.

Nosso objetivo aqui é trazer informações sólidas para que você seja capaz de entender sobre estes assuntos. Na sequência faça uma avaliação com seu endócrino e nutricionista para ver se de fato você precisa de pré-hormonais e suplementos.

O que são pré-hormonais?

Pré-hormonais são suplementos alimentares que estimulam o próprio corpo a produzir os seus hormônios.

Não se pode convencer com os pró-hormonais. Pró-hormonais são substâncias que são convertidas em hormônios pelo corpo, já os pré-hormonais são substâncias que estimulam a produção natural de hormônios do corpo.

Vamos imaginar a testosterona, por exemplo. Para produzir testosterona o corpo precisa de zinco, ferro, vitamina D, vitamina C, água, entre outros.

Então, os pré-hormonais aumentam as reservas de zinco, ferro, vitamina D, vitamina C, etc. E aí, ao fazer os exercícios regularmente, você estará induzindo o seu corpo a aumentar a produção de testosterona.


Já os pró-hormonais são substâncias produzidas em laboratório, que quando entram em contato com as enzimas naturais do corpo, se transformam na própria testosterona. O que traz resultados completamente diferentes e pode, inclusive, desestabilizar totalmente o seu controle hormonal. 

O efeito provocado pelos pré-hormonais e os consequentes níveis mais elevados de hormônios anabólicos são decorrentes exclusivamente de uma maior produção natural do corpo dessas substâncias. Ou seja, seu corpo se aproveitou das reservas em abundância e produziu mais hormônio naturalmente. 

Uma maior produção de hormônios anabólicos é ótima para duas situações:

  • Pessoas que desejam ganhar massa muscular
  • Pessoas que estejam fazendo terapia pós-ciclo (TPC).

Neste último caso, estes suplementos ajudarão a restaurar mais rapidamente os níveis normais de síntese hormonal.

Pré-hormonais são elevadores naturais de testosterona. Um exemplo deles é o Tribulus terrestris, uma planta responsável por aumentar os níveis de hormônio luteinizante (LH), que por sua vez é o hormônio que estimula as células de Leydig, nos testículos, a produzir testosterona.

Como pré-hormonais se relacionam com suplementação de proteína?

Como você já sabe, a suplementação de proteína é importante para atuar na regeneração dos músculos e também na aceleração da hipertrofia (ganho muscular).

Pois bem, muito se questiona se é possível fazer uma suplementação proteica combinada com o uso de pré-hormonais.

A verdade é que a relação entre os dois tipos de suplementação ainda é discutida. E, a menos que você seja um atleta profissional, não há indicações para uso concomitante das duas suplementações.

Qual suplemento escolher?

Embora os pré-hormonais sejam, em sua maioria, suplementos seguros. Eles ainda atuam em uma área complexa do corpo, que é a produção de hormônios. 


O que pode trazer efeitos colaterais, como:

  • Aumento do mamilos em homens (irreversível)
  • Aparecimento de pelos faciais em mulheres
  • Desregulação do ciclo menstrual
  • Diminuição da libido
  • Problemas de ereção
  • Problemas de ejaculação 
  • Dores nos testículos

Por isso, prefira o uso do Whey Protein ou suplementos de proteína do leite, já que estes atuam diretamente na reconstrução dos músculos e não agem na sua produção hormonal.

Use pré-hormonais apenas após uma consulta com seu médico endócrino. Evitando assim o desregulamento dos hormônios, que não afetam apenas o desempenho nos treinos, mas a produtividade no dia todo.

Esperamos que este artigo tenha ajudado muitas das suas dúvidas.

Quer saber mais sobre nutrição que gera resultados? Continue acompanhando o nosso blog.


Estamos sempre trazendo dicas, novidades e tendências sobre o universo dos treinos.

Agradecemos a leitura e até a próxima! 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.