Voltar

Preciso mudar de suplementação no Inverno?

Com a chegada dos dias mais frios muitas pessoas reparam uma mudança drástica no metabolismo. O que nos faz questionar: será que preciso mudar suplementação no inverno?

Fique confortável e aproveite a leitura!

Saiba mais: Qual é o Whey certo para você?

Como funciona a suplementação

Conseguir um corpo musculoso não é nada fácil, é preciso seguir religiosamente a dieta alimentar, treino e descanso.

Não se utilizar desse trio é praticamente impossível conquistar a hipertrofia muscular.

A chave para o seu objetivo, se tratando de suplementação, é a proteína.

As proteínas são os componentes da alimentação que fornecem os aglomerados fundamentais para o seu corpo construir o tecido muscular.

Além disso, há uma restauração das lesões de um treinamento pesado.

São inúmeras as fontes proteicas, entre elas o whey protein, derivado do leite ele se destaca pela rapidez na absorção.

Para conquistar os benefícios da suplementação é necessário buscar o tipo correto e quantidade adequada de suplementação a ser consumida.

Em geral os benefícios são:

  • Os multivitamínicos fornecem os micronutrientes que o organismo do atleta ou praticante de musculação necessita. Além de melhorar o sistema imunológico é indicado também para pessoas com deficiência de certas vitaminas;
  • Os suplementos pré-treino aumentam o foco, a resistência e a força muscular logo após ser ingerido;
  • Os suplementos cuja fonte é a proteína de altíssima qualidade contribui para repor as necessidades proteicas diárias. Sendo assim, há uma contribuição significativa na hipertrofia e na perda de gordura corpórea;
  • Os suplementos compostos de aminoácidos contribuem para a recuperação e regeneração muscular evitando o catabolismo;
  • Os hipercalóricos beneficiam pessoas com dificuldade de ganho de massa corporal ou praticantes de atividades extenuantes;
  • Os termogênicos tem como benefício o aumento do metabolismo, portanto contribui para maior disposição e favorece a queima de gordura;
  • Os suplementos antioxidantes contribuem para a limpeza do organismo eliminando radicais livres responsáveis pelo envelhecimento precoce.

Tire suas dúvidas: Quanta proteína você precisa consumir por dia?

Quais são os tipos de suplementação?

Os suplementos não são todos iguais e nem são utilizados apenas por quem vai à academia. Conheça os diferentes tipos:

  • Suplementos hipercalóricos. Esses são cheios de calorias. Assim, sua composição é rica em gorduras, vitaminas, proteínas, carboidratos e minerais.

Porém, cuide com os excessos de gordura e calorias, que podem levar ao sobrepeso.

  • Suplementos termogênicos. Esses suplementos são ideais para quem pretende emagrecer, já que sua principal função é acelerar o metabolismo.

Por isso, sua composição é, geralmente, feita de guaraná, cafeína, citrus, entre outras substâncias.

  • Suplementos proteicos. Perfeitos para quem é adepto de fazer musculação, os proteicos são feitos de proteínas que ajudam o músculo a se recuperar depois do treino.

Suplementos antioxidantes. Quando fazemos exercícios, nosso corpo produz radicais livres naturalmente.

  • Os antioxidantes ajudam a combater o efeito dos radicais livres nas células.

Suplementos hormonais.

São os tipos de suplementos voltados para estimular a produção de algum hormônio, tais como: tiroxina, estrogênio, entre outros.

  • Suplementos polivitamínicos e minerais. Esses complementam as vitaminas e os minerais como, por exemplo, o cálcio, o ferro, o magnésio, entre outros.
  • Suplementos probióticos. Micro-organismos vivos que são suplementados para ajudar em diversos problemas relacionados ao intestino.

Quando mudar de suplementação?

Você só deve mudar uma suplementação em dois casos:

  • Se o seu corpo rejeitar o seu tipo de suplemento, e aí haverão sintomas típicos de uma rejeição;
  • Se a suplementação, após um período mínimo de 6 meses, não mostrar qualquer resultado.

Leia em seguida: Whey Protein e diabetes: entenda a relação entre os dois e mantenha sua saúde

Então, não preciso mudar de suplementação no inverno, certo?

Exatamente. Você não precisa mudar sua suplementação no inverno. Aliás, os seus treinos de inverno devem ser, quase, iguais aos treinos do verão. Com mudanças, é claro, em hidratação, proteção contra frio, etc.

Entretanto, em termos de suplementação, a única dica seria “calibrar” o seu consumo. Observe se o corpo deixou de responder e faça ajustes de acordo. Mas não troque de suplementação apenas porque os dias frios chegaram.


Lembre-se: a suplementação gera efeitos positivos no longo prazo. Então, é preciso ter paciência e persistência.

Gostou das dicas de hoje? Continue acompanhando o Blog. Estamos sempre trazendo segredos e novidades sobre nutrição que gera resultados.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência e recomendar conteúdo de seu interesse. Você pode concordar ou discordar com a coleta de cookis. Para mais informações veja a nossa Política de Privacidade.