Voltar

Suplementação para quem treina poucas vezes por semana é uma boa?

Olá, tudo beleza? Hoje nós queremos trazer um assunto que está sempre em voga nas redes sociais e gera muitas dúvidas: quem treina poucas vezes na semana também pode ou deve tomar suplementação? Faz bem? Não faz? Vamos analisar essas questões juntos.

Olá, tudo beleza? Hoje nós queremos trazer um assunto que está sempre em voga nas redes sociais e gera muitas dúvidas: quem treina poucas vezes na semana também pode ou deve tomar suplementação? Faz bem? Não faz? Vamos analisar essas questões juntos.

Lembrando que o artigo de hoje foi feito com base em muitas pesquisas, e claro pautado por toda a nossa expertise. Sendo assim, você pode ter certeza de que estamos trazendo informações de qualidade.

Entretanto, de forma alguma nosso artigo deve substituir a orientação de um profissional de saúde. Dessa forma, se você tem o suporte de um personal trainer da sua confiança, ele certamente tem melhores informações sobre o seu metabolismo, e a opinião deste profissional deve ser considerada.

Muito bem, agora que já fizemos todas as ressalvas. Vamos começar, será que suplementação para quem treina poucas vezes por semana é uma boa? Vejamos.

Treinamentos: como a suplementação atua

Nós temos diversos artigos explicando o funcionamento dos diversos suplementos, em especial do Whey Protein (mas também da Albumina e da Creatina). De todo modo, aqui vai um resumo:

“Basicamente, o que acontece no seu corpo durante o exercício físico é uma exigência incomum dos músculos, o que acaba produzindo microlesões. Essas lesões são como “bolhas” que depois serão preenchidas durante a fase de repouso. 

A suplementação existe para garantir que o seu corpo use proteína (no caso do Whey Protein) e faça a restauração dos músculos sem queimar massa magra, ou massa muscular.”

Logo, quando nós falamos que uma pessoa treina poucas vezes durante a semana antes de mais nada é preciso considerar a intensidade dos treinamentos. Já que um treino bem acentuado pode exigir muito dos músculos e então o tempo de repouso seja realmente maior. 

Oferta e demanda

Falando de maneira bem simples sobre o metabolismo, o ganho, a perda ou a manutenção do peso tem grande influência na lógica da oferta e da demanda. Ou seja, se há uma demanda grande por calorias exigidas pelos exercícios físicos, a oferta precisa se equiparar, ou haverá perda de peso. 

Da mesma forma, caso os exercícios físicos e as rotinas diárias não exijam uma oferta acentuada de energias, mas o consumo diário esteja sempre com um índice maior do que o necessário, ocorre o ganho de peso.

Isso claro desconsiderando inúmeros outros fatores, apenas para deixarmos o assunto em um nível de fácil entendimento. 

Sendo assim, ao completar a sua ingestão diária de energia com suplementos você estará dando uma grande oferta para o seu corpo, que precisa ser transformada em energia por meio dos exercícios e dos treinos.

Então, quem treina poucas vezes durante a semana precisa avaliar quais são as exigências dos treinamentos e fazer uma suplementação de acordo com as práticas. 

Todos podem tomar suplementos

Queremos derrubar outro mito que está em torno da suplementação, especialmente quando falamos do Whey Protein. Há sempre uma dúvida de “quem pode e quem não pode” tomar o suplemento. 

Bem, via de regra, se a pessoa não possui qualquer restrição ao consumo dos ingredientes presentes na fórmula, ela pode sim tomar Whey. Existem até mesmo versões especialmente produzidas que são consumidas por quem tem sintomas de intolerância à lactose.

Tem mais: o Whey Protein é especialmente benéfico para pessoas acima dos 50 anos, por garantir uma reserva de proteínas e diversos outros elementos fundamentais para a saúde. 

Vantagens do consumo de suplementos mesmo para quem treina poucas vezes na semana

A suplementação, como dissemos, existe para auxiliar o corpo durante os diversos estágios metabólicos. Ela pode ser uma ótima fonte de energia para ser consumida pré-treino, e assim lhe dar forças durante os treinamentos. Ótima também para o consumo pós-treino, auxiliando na reparação dos músculos.

Ou seja, investir em suplementos de qualidade é uma atitude acertada para quem busca melhores resultados. Principalmente se você treina poucas vezes durante a semana.

Contudo, existe uma lista de cuidados que convém observar, os principais são:

  • Cuidado com o ganho de peso, convém consultar-se com um profissional especializado para obter um plano alimentar direcionado para o seu metabolismo;
  • Consuma apenas o que for indicado para o seu peso com base na intensidade dos seus treinos: consumir uma quantia maior de suplementos não vai trazer os resultados mais rápido, independentemente de qual seja a escolha;
  • Foque em manter a saúde e não tenha pressa: essa dica serve mesmo para aquelas pessoas que gostam de treinar todos os dias. A pressa é inimiga do corpo saudável.

Esse foi o nosso artigo sobre suplementação mesmo para quem treina poucas vezes durante a semana. Esperamos que agora você já saiba o que fazer e possa  tomar decisões que trarão resultados incríveis para os seus treinos.

Quer saber mais sobre alimentação de alta performance? Então continue acompanhando o nosso blog. Estamos sempre trazendo dicas e novidades sobre o universo dos treinos e exercícios.

Agradecemos a leitura e até a próxima.