Voltar

Whey Protein é bomba? A gente explica com calma

Os treinos estão em alta. Se você fizer uma visita rápida na academia do seu bairro, ou naquela famosa do shopping, vai encontrar diversas pessoas de todas as idades praticando exercícios. Treinar deixou de ser “coisa de maromba” e virou algo comum no dia a dia. O que é excelente.

E com isso o consumo de produtos antes vistos apenas nas mãos das pessoas que treinavam regularmente agora estão nas prateleiras de todos os supermercados. Entre estes produtos: o Whey Protein.

Daí, quando este suplemento caiu no gosto popular rapidamente surgiu uma dúvida: será que Whey Protein é bomba? Quais são seus efeitos? Todos podem tomar?

Hoje trouxemos um artigo completinho apenas para sanar essa dúvida e informar você sobre todas as características, as qualidades e os possíveis defeitos desse elemento tão importante na vida de quem treina.

Vem ver de perto o que nós podemos falar sobre Whey Protein. 

Leia também: O que é vencer para você? Um texto motivacional

O que é Whey Protein?

Whey Protein é um suplemento de proteína de rápida absorção. Nasceu de um subproduto da indústria leiteira: o soro do leite. Antigamente, este elemento era utilizado apenas na fabricação de rações para animais de grande porte.

Contudo, após observações e estudos, constatou-se que o consumo do soro de leite oferece ao organismo um estoque seguro de proteína que pode ser utilizado na reparação dos músculos. 

Então, ele foi reconfigurado e hoje está presente na dieta de todas as pessoas que buscam melhores resultados para os seus exercícios. Sendo indicado até mesmo para consumo nas idades seniors, e como um elemento de combate ao acúmulo de gordura corporal. 

Whey Protein é um suplemento. Podemos comparar a sua atuação como uma vitamina que você toma para melhorar a sua imunidade, por exemplo

O que é “Bomba”?

Já a famosa “Bomba” é um anabolizante. Um produto desenvolvido em laboratório com um objetivo específico.

Os anabolizantes mais comuns são aqueles desenvolvidos para combater a atrofia muscular – em pessoas que sofrem desta condição. Entretanto, nas academias eles são utilizados por pessoas saudáveis, com o intuito de acelerar o processo de crescimento dos músculos (a hipertrofia muscular).

Anabolizantes, portanto, são composições químicas e não são naturais. Tem mais, eles possuem inúmeros efeitos colaterais. Os mais comuns, são:

  • Cabelos ralos, graças ao excesso de testosterona
  • Pele irritada, vermelha e com espinhas
  • Cordas vocais engrossadas nas mulheres
  • Pelos crescendo em grupos específicos pelo corpo
  • Aumento dos peitos em homens
  • Diminuição dos seios nas mulheres
  • Queda da libido
  • Há casos de impotência sexual severa

Dessa forma, compreenda que o uso de anabolizantes é comparável ao consumo de remédios pesados. É exatamente como se uma pessoa sem qualquer problema físico fizesse uso de uma prescrição para um problema específico, na intenção de obter resultados mais rápidos.

Como o Whey Protein é uma proteína, derivada do soro de leite, tem baixíssima interferência na produção – feito de forma natural e regrada. Ele não é, nunca foi, e nunca será, uma “bomba” ou um anabolizante. 

Não conta com os mesmos efeitos colaterais. Na realidade, o Whey Protein ainda não tem, na literatura médica, efeitos colaterais indicados. 

Benefícios catalogados do Whey Protein

Agora que você já sabe a diferença entre um suplemento e um anabolizante, nós podemos conversar sobre os principais benefícios do Whey Protein e assim desmistificar de vez as dúvidas sobre este produto. 

Os principais benefícios são:

  • Melhora no desempenho dos treinos
  • Aumento da oferta de energia 
  • Influência no desenvolvimento de um hábito alimentar saudável
  • Ganhos orgânicos, naturais, em massa muscular
  • Ganhos orgânicos, naturais, em proteínas, vitaminas e aminoácidos essenciais para as diferentes fases metabólicas.

Suplementos protéicos x anabolizantes 

Estamos chegando ao final deste artigo e queremos deixar você com uma ideia básica sobre a diferença entre uma suplementação e um tratamento com anabolizantes.

Pois, agora você já sabe que Whey Protein não é uma bomba, mas queremos que as diferenças fiquem claras, para que você possa comparar outros produtos no futuro e descobrir por conta própria se são anabolizantes (portanto, remédios) ou não.

Dica: Descubra se o produto é catalogado como um suplemento. Todo suplemento proteico funciona como uma forma natural de aumentar as suas reservas energéticas. Ou seja, ele é uma proteína que o seu corpo absorve rapidamente e deixa à disposição do sistema metabólico. Seu metabolismo fará uso dessa energia extra na reparação dos músculos e assim você ganha massa de maneira orgânica, eficiente e segura. 

Já a bomba (anabolizante) funciona exatamente como um remédio. Ela interfere nos processos naturais do seu corpo, atuando sobretudo na produção de testosterona (hormônio masculino). Sua atuação não é natural. Agindo como um elemento “invasor” que reprograma o metabolismo.

Então, nossa indicação é para que você busque sempre suplementos naturais. Feitos por empresas idôneas e certificadas pelos órgãos de segurança alimentar competentes. 

Esperamos que o artigo de hoje tenha sanado suas dúvidas sobre o Whey Protein.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue acompanhando o nosso Blog. Estamos sempre trazendo dicas, novidades e segredos sobre o universo da alimentação de alta performance.

Agradecemos a sua leitura e até a próxima.